terça-feira, 31 de maio de 2011

Globos de Ouro: corte e costura II

Quando estava a ver a Gala dos Globo de Ouro no passado domingo tive uma sensação de: eu já vi isto em qualquer lado?! Andei a revolver os meus neurónios e finalmente se houve luz: os modelitos pareciam saídos da série Dinastia (anos 80).
Os cetins, as pedrarias, as cores faziam-me voltar à minha infância. Na altura, adorava aquele aparato todo. Agora, cresci e felizmente acho um pouco piroso, a puxar ao emigrante vindo "da França", a mostrar o sucesso e o bom gosto franciú.
No geral achei os looks bem pobrezinhos!!


Dinastia ou Globos de Ouro


Sofia Cerveira, look total anos 80


Cinha Jardim e a filha

As meninas do Fama Show


Débora Ghira e o namorado

Ainda há mais modelitos que fazem lembrar os idos anos 80




As novas tecnologias nas escolas do nosso Primeiro Ministro

Hoje o dia tem sido de verdadeiro inferno na escola! Nada funciona e estou à beira de um ataque de nervos com as novas tecnologias que o governo quer implementar nas escolas. Sim, funciona tudo muito bem, no papel!!! Quando passamos à prática as coisas não são bem como eles apregoam. Os códigos não entram, os retroprojectores também resolvem não funcionar, não há internet e por vezes chove!! !14 milhões para requalificar esta escola e depois é isto. Que fica verdadeiramente prejudicado são os alunos e os contribuintes que paguem esta festa!!!
Tivemos de andar a saltar de sala em sala para conseguir que a nova tecnologia funcione e, tem sido complicado.
Sinceramente, há dias em que nada funciona, nem a minha pachorra...

sábado, 28 de maio de 2011




Nada como a final da Liga dos Campeões para distrair!!!






Uma grande beijoca para os visitantes deste blog nos EUA, Alemanha, Brasil, Singapura (uhau!!!) e Portugal!!

A Maia do Avesso  

Noah and the Whale: Life goes on



Tenho andado a ouvir isto!


Lembranças da chuva!




Aqui estamos nós em mais um fim de semana! A rotina dos sábados na biblioteca já é um lugar comum e hoje acaba por ter um sabor especial, está a chover e a fazer trovões e relâmpagos!! Adoro aquela sensação de estar bem confortável, rodeada de livros e a ouvir a chuva cair. Trás-me recordações da infância de quando me escondia num dos quartos da casa da minha avó, com um livros dos Cinco e o meu gato Yakary como companhia. Adorava aquele quarto de costura, atafulhado de coisas misteriosas que faziam a minha imaginação sair daquelas paredes. As colchas de cetim, uma bordeux e outra amarelo canário, assumiram todas as formas de vestidos de alta costura e fizeram as delícias de uma miúda, filha única e a viver numa aldeia que não tinha meninas para brincar. Recordo esses momentos com imensa saudade e com um pazer que se torna difícil de transpor em palavras. A infância foi um lugar mágico.

Fantásticas malas em camel

Mulberry 
Mulberry: Postman's Lock

Jimmy Choo
Jimmy Choo: Pauline Sue

Lanvin
Lanvin: Dear Danae

Miu Miu
Miu Miu: Leather-trimmed raffia satchel
Proenza Schouler
Proenza Schouler: PS1

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Porra de Vida!!

A vida continua e os dias vão passando com o ritmo do trabalho a dominarem o dia. Há um ano atrás pensava que estava a gozar o meu casamento. A excitação dos primeiros meses de vida em comum e a partilha de um projecto comum. Mal podia esperar. Os preparativos do casamento foram esgotantes para mim e fizeram com que eu não andasse em mim. Meio histérica e parvinha, completamente insuportável, reconheço. Mas tinha a certeza de que depois tudo iria entrar na normalidade. 
A distância para nós não tinha sido um problema até então (eu estive em Braga durante 9 meses e ele no Baixo Alentejo), os fins de semana davam para matar as saudades e os telefonemas atenuavam o afastamento.
Só que, este ano tem sido tudo diferente! Os horários não combinam, o curso dele está a ser muito absorvente, não deixando espaço para nada. Desde Setembro que, pelas minhas contas, não estivemos juntos nem 20 dias, mas o que me magoa é o contínuo afastamento dele. O não ligar, o não prestar atenção, o enfando que por vezes parece demostrar em ouvir-me. O facto de não fazer nada para conseguirmos estar juntos. De já me ter ouvido queixar do que nos estava a acontecer e achar que era um exagero meu, que estava a ser histérica, a exagerar por pouco.
Pois, no passado fim de semana, caiu-lhe a ficha e verificou que estavamos com grandes problemas. FINALMENTE!!!
Agora resta saber o que vamos fazer com a nossa vida!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Estou só!

Sinto que ando tão perdida com a minha vida. Que cheguei a um sítio do qual não gosto e não consigo sair. Estou triste e por mais voltas que tente dar, parece que não consigo sair daqui. A minha cabeça está sempre a trazer-me a este sentimento estúpido e que me esgota. Por mais voltas que dê, só tenho pensamentos negativos e pessimistas e a única certeza que tenho é uma enorme vontade de chorar. Sinto-me tão sozinha e reconheço que estou infeliz. Sim, ganhei coragem para o dizer a mim mesma: estou infeliz.

sábado, 21 de maio de 2011

Mamas, mamocas e afins!

Ainda hoje estou para entender o fascínio que os homens conseguem devotar a esta parte da anatomia feminina. Por mais voltas que dê à minha cabeça ainda não consegui entender essa devoção. Para mim, e desde que elas têm vindo a crescer, já lá vão uns anitos bons, representam uma grande chatice. A natureza foi pródiga comigo. São volumosas mas de um feitio manhoso. Digo manhoso por uma simples razão: há uma elevada tendência para descairem! Passei os anos do adolescência a esconder e a disfarçar aquilo que a natureza me tinha agraciado, sem contar com as coisas mais sórdidas proferidas pelo género masculino que ouvi! Olhava para as colegas e: planas, lisinhas ou então como umas mamocas bem delineadas e perfeitinhas, da copa perfeita. Passei uma adolescência "traumatizadas" com o assunto mamas mas sempre com a secreta esperança de ir fazer alguém feliz com a minha abundância.
Os anos foram passando, algumas relações pelo meio e nunca de encontrar um membro de sexo masculino que realmente gostasse das minhas mamocas, um mamoco-tarado. Ainda havia esperança... ele deveria de andar por aí.
Até que, encontrei o meu mais que tudo, a pessoa que eu escolhi partilhar a vida e tudo o mais, até este par de mamocas. Havia  esperança de ser finalmente aquele. Como seria de prever, ele não liga patavina a mamas, é mais rabos!!!
Tanto ano a contrariar a tendência natural delas(a sacana da gravidade), e não vão ser apreciadas na sua devida plenitude. Ah, não me venham com a história dos filhos (ainda não os tenho), eles dão-lhes uma utilidade diferente, não é?

Sócrates vs Passos Coelho

Enquanto devorava uns episódios do Sexo e a Cidade, o meu pai assistia ao debate entre Passos Coelho e José Sócrates que estava a dar na RTP1. Não é o meu espanto, que uma pessoa bem tranquila que é o meu pai estava a reagir como se estivesses a assistir a um jogo do Benfica ou da Seleção (tipo: Portugal - Inglaterra em 2004!). Fiquei pasma com o empolgamento que o meu pai estava a demosntrar com aquilo que se estava a dizer, defender e argumentar. Por vezes andamos alheados que se passa no país e os portugueses têm estado assim. Parecemos uns zoombis no que respeita à política, sempre à espera de um salvador, de um D. Sebastião que nos irá livrar disto tudo: defíce, FMI, dívidas e uma autoestima negra. Em vez de olharmos para nós e para a nossa capacidade de mudar as coisas, estamos sempre à espera que sejam os outros, nomeadamente os Dons "Sebastiões", a fazer aquilo que deve ser feito. Temos uma necessidade parola de ter alguém que tome conta de nós, que nos diga o que devemos fazer e como o devemos fazer. Por isso,  quando apareceram essas criaturas espertas e iluminadas, ficamos lixados com um F grande.
Será que teremos capacidade para dar a volta a esta maneira  tão particular de ser português?! Bem, eu ainda sou um bocadinho optimista mas acho que ainda não vai ser desta...

sexta-feira, 20 de maio de 2011



Por mais anos que passem esta música continua a dizer-me tanto...

Mais um fim de semana sem marido

Como não ando muito bem com a vida, trabalho. Se não se pode andar na rambóia com o marido, trabalha-se. Sim, mais um fim de semana sem o mais que tudo. Tinha pensado ir até Beja para almoçarmos juntos e depois regressava no mesmo dia a casa. Já que não há tempo para estarmos juntos todo o fim de semana, pelos menos conseguia colocar os olhos em cima dele (acho que quase que nem me lembro bem da cara dele!!!!). Mas tenho a caca de uns documentos em latim medieval para trabalhar e já não dá tempo (só em viagem são cerca de 6 horas!). CACA!!!


Nota: voltei a ouvir U2 para ver se me acalmo e olho a vida com uma atitude mais positiva

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O cemitério de Praga



Acabei de cometer uma loucura... comprei mais um livro!!! A parga de livros que tenho em espera para ler já está a atingir um tamanho considerável e eu continuo a levar mais para casa. É tão boa aquela sensação de um livro novo, o cheiro do papel e as páginas lisinhas. Oh, gosto tanto!!! Tenho mesmo de conseguir arranjar um tempinho para conseguir ler o que tenho em atraso. O mestrado tem conseguido tirar todo o tempo disponível para a leitura.
Por isso, entrei na Bertrand de Santarém e logo que coloquei os olhos no novo do Umberto Eco "Cemitério de Praga", não deu para resistir...
Consigo resistir a muita coisa, mas os livros, é mais forte do que eu.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Como a vida imita os filmes!!!


Sim, a verdadeira história da Cinderela!!!!

Pedro e Inês



A vontade e determinação de um rei perante aqueles que o tentaram colocar em causa.
Mais do que uma história de amor, uma história política.

A1 a 30Km/h


Enfim, consegui sobreviver a uma viagem absolutamente tenebrosa. Saí de Coimbra por volta das 20.30 tinha como pano de fundo umas nuvens bem negras e que, de quando em quando eram fustigadas por violentos relâmpagos. Um cenário monumental e que me transmitia a ideia do quanto sou pequenina. À medida que caminhava para sul e a luz do dia ia desaparecendo, a chuva apareceu perto de Pombal e, quando cheguei a Leiria, estava perante um dilúvio. Não conseguia ver a estrada com tanta chuva e tive de ir a 30Km em plena A1. Foi um alívio quando entrei ao portâo de casa.
Tenho bastante prática de condução e já fiz muitos quilometros mas ontem parece que ia com a chuva. O meu Zé Luis (o meu carrito) parecia que ia ficar amolgado com tanta chuva em cima dele, tadinho!! Mas, pelo menos ficou com um aspecto mais lavadinho.  

sábado, 14 de maio de 2011

Hoje senti-me magoada pela pessoa de quem mais gosto. Se esta semana sentia que a minha vida era um merda, hoje eu sou essa merda!

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Vida de Merda!

Ok, começa a preparação para mais um fim de semana sem colocar as vistas em cima do meu mais que tudo. Estou farta desta vida de caca! Caca não chega para a definir, é melhor utilizar um termo mais adequado: vida de MERDA!!!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Hoje estou mesmo do avesso


Hoje estou num daqueles dias em que, se pudesse, mordia!! Mas, mordia à séria, nada daquelas mordidelas fofinhas, uma verdadeira dentada que arrancava carne!! Sim, a Maia está com um humor muito do bom e tem tendência a continuar. Fantasmas de trabalhos passados ensombram a minha existência como uma nuvem negra, carregada de água, num fim de semana de praia. É preciso calma e muita paciência para encontrar o registo de um envio, que, por obra de algum santo manhoso desapareceu... Ah, e falar para o IGSPAR, para saber se o santo do relatório entrou nos serviços, é uma tarefa de paciência infinita (e é claro que não a tenho!!!) 
Ainda por cima, a minha saúde não está pelo melhor: dor de cabeça e a barriga sempre a fazer os barulhos mais estranhos, oh, o dia não acaba.
Para tornar as coisas ainda mais apetitosas, estou um pouco chatiada com o mais que tudo. Sei que a culpa, se é que há culpa, não é dele mas há dias em que me sinto verdadeiramente sozinha e gostava de receber um miminho. É lógico que à distância que estamos ele não pode adivinhar (infelizmente não tem esse dom, dava tanto jeito!!) mas ligar-me só às 00.53m, haja paciência!! Eu bem tentei ficar acordada (acordei à 6.40), adormeci, acordei e enviei-lhe uma sms para saber se estava vivo: Estás vivo?! Ele respondeu "já te ligo". Adormeci e já não falamos. Ainda atendi mas, como é lógico, já estava no outro mundo.
Não nos vemos e ainda por cima não conseguimos se quer falar por telemóvel, há sempre qualquer coisa mais importante a atrapalhar.
Ainda bem que ele está longe, hoje estou mesmo do AVESSO

Ok, a Eurovisão não se rendeu-se à luta. Acho que perderam uma grande oportunidade, ah pois!!

terça-feira, 10 de maio de 2011

OS HOMENS DA LUTA

Quando era pequena o festival da Eurovisão era o acontecimento do ano, adorava! Tinha sempre aquela secreta esperança de que naquela ano iriamos finalmente ganhar. Cresci e o realismo foi tomando conta do meu entusiasmo pelo festival. Nos últimos anos nem tenho dado por isso. Andamos sempre à volta do raio do mar e a apelar ao ser português (em especial aos portugueses que vivem lá fora, eles votam!!) e os resultados são aquilo que se sabe, nunca ganhamos.
Será que este ano vai ser diferente? Espero bem que sim e estou a fazer as belas das figas para que os Homens da Luta consigam agitar as coisas. Bem, quanto a isso, acho que eles já estão a consegui-lo!!

Rinite, ora pois!!

A Primavera chegou em força! Está um calor imenso e as flores estão em plena actividade o que faz com que o meu nariz esteja num estado verdadeiramente lastimoso. Logo pela manhã é uma sucessão de espirros e de fungadelas que me deixa "muito" bem disposta. O resto do dia é o prolongar deste estado. Passeios no campo para apanhar as belas maias, esqueçam!! Sou alérgica ao campo, sniff. Tenho passado grande parte da minha existência no campo, rodeada de pinheiros, oliveiras e muitas flores por isso, a altura em que a natureza faz uma intensa campanha publicitária aos seus atributos, eu não estou muito receptiva ao assunto. Tomo a medicação mas evito-a a todo o custo, quando a tomo, fico um verdadeiro zombi e dá para inchar!!
Vamos lá continuar com o belo do espirro que o Verão ainda tarda!!!!!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

O Benfica tirou-me a esperança!!!

Pois é, a esperança acabou ontem naquele belo estádio!!! Faltou garra e força muscular aos jogadores do Benfica para conseguirem chegar à final de Dublin. Pareceram uma equipa mediana, em grandes dificuldades físicas e a não conseguirem segurar o resultado da Luz. Ainda por cima, a maldição das bolas ao poste atacou em força!!

terça-feira, 3 de maio de 2011

domingo, 1 de maio de 2011

Um hino ao amor


Um dia fiz uma visita a esta obra. Foi das coisas mais emotivas que senti, talvez por estar a viver os meus primeiros dias de casada. Olhei, admirei, emocionei-me e cairam-me lágrimas dos olhos. Estava lá com a pessoa mais importante da minha vida, o meu mais que tudo.   


O vestido do dia seguinte

Para quem gosta do estilo da nova Duquesa de Cambridge, o vestido que usou no dia seguinte ao casamento é bem parecido com aquele que coloquei aqui. Basta comprar um blaser azul escuro uns sapatos de plataforma em corda e fica-se com o look idêntico!! (e a um preço bastante acessível!)






Zara