quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Os cadeados como jura de amor


É bom saber que ainda há quem acredite
Praga

Mais um dia...

Como é que eu vou conseguir ultrapassar esta dor imensa que sinto. Faz agora um ano que estava bem stessada com o casamento. Feliz, confiante no futuro que estava a construir. Sempre tive uma relação saudável, bem disposta e com muito amor mas ainda não consegui arranjar explicação para o que se passou. Esperei por telefonemas, compreendi as ausências, implorei (sim, não me orgulho) por um pouco de mimo. Mimo que tinha tido tantas vezes e que de um momento para o outro tinha desaparecido. Por volta de Fevereiro vi que as coisa não estavam lá muito bem, falamos e voltamos a falar. Tentei arranjar soluções, descobrir caminhos para estarmos mais presentes na vida de ambos. Errei, sei que errei mas nada que coloca-se em causa a nossa relação. Nada foi o suficiente. Já não tenho fé na nossa relação; perdi a esperança; já não gosto de ti, foram as palavras que ele me disse por telemóvel uma vez que não estava para fazer 300km e dizer-mo em pessoa. Tive esperança e estava disposta a trabalhar para ultrapassar os problemas só que ele não quis mais. Como é possível deixar de amar uma pessoa com tanta facilidade?! Questiono-me se ele efectivamente gostou de mim.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Alteração do estado civil

     Por volta das 11h, no cartório de Torres Novas o meu casamento chegou ao fim. Em 15 dias acabou tudo!! Fui abandonada pelo homem que amo, sem qualquer tentativa de solucionar os nossos problemas. Disse-me que em Setembro de 2010 amava-me tanto que era capaz de dar a vida por mim e, passados poucos meses, já não me amava. Mal entendidos de uma relação à distância fizeram com que deixasse de me querer. Achou que eu já não o apoiava na escola e que não o compreendia! Aguentei tanta coisa, mas mesmo tanta coisa e nunca foi o suficiente para o fazer feliz.
    

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Voltei de Praga

Voltei de Praga e a minha realidade sempre me acompanhou. Hoje já assinei os papéis no advogado e amanha será no cartório. Estou desvastada com tudo e sei que vou ter muitas dificuldades em conseguir ultrapassar tudo o que me aconteceu. Parece que perdi a confiança e algo se quebrou dentro de mim.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Já se passou dois dias depois da bomba ter rebentado. Ando a vaguear e sinto-me sem rumo. Ele não gostava de mim e fez-me acreditar que sim. Ele é que me pediu em casamento e depois de 11 meses desiste e arranja agumentos muito fraquinhos para justificar o fim da relação. Acreditei até ao último momento que iriamos ultrapassar os problemas. Mas, quando não se gosta, não há nada a fazer. Ainda gosto dele mas as coisas vão passar. A raiva, o ódio e o desprezo ganham cada vez mais terreno e amanhã vou dar início ao processo de divórcio. A vida vai continuar...

sábado, 13 de agosto de 2011

A minha relação de quase 4 anos (11 meses de casamento) acabou via telemóvel na passada sexta-feira. Rebolei pelo buraco e finalmente cheguei ao fundo, agora resta trepar e viver a minha vida. O Mais que Tudo passou a Mais que Cobarde. 

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

As noites de verão

Por terras ribatejanas faz um calor imenso. As noites estão quentes, apesar de haver sempre um ventinho, não é o suficiente para acabar com o calor. Vou acabar de ler o Último Cabalista de Lisboa (estou a gostar muito!) enquanto apanho "a fresca".
Noites de verão são uma delícia!! 

Quero quero!!!

Quero muito estas novas Melissas!!!

O medo é uma cena que a mim não me assiste!!


Estou contigo Hélio!!!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Manifestação de preferências

O totoloto já está feito! Agora é esperar por aquilo que vier. Esperar, esperar, esperar...

Londres a arder



A civilização assume uma forma demoníaca em que o fogo acaba por imolar as raivas e frutrações do comum dos mortais. Assusta ver matilhas de pilhadores a destruírem uma comunidade, a rondarem as presas mais fracas para atacarem e roubarem aquilo que não conseguem construír. Dá que pensar a todos nós. 

O azar do gato preto



Não acredito no azar de quem se cruza com o gato preto. Mas, agora acredito no azar de falar no assunto e achar que quem acredita é retrógrada!!
Por vezes a cabeça escolhe as palavras e quando elas saem pela boca, adquirem um sentido diferente. Depois causam confusão, más interpretações e levo nas orelhas em grande estilo! Irra que parece que não consigo acertar em nada!!!

domingo, 7 de agosto de 2011

Look pouco oficial de Letizia

La familia real al completo en el Palacio de La Almudaina


Gosto do estilo da princesa das Astúrias mas este último modelito fica-lhe um verdadeiro pavor. A estrema magreza aliada a um jump suit pavoroso fez com que este look seja para esquecer!!! 

1000 visitas. Uau!!!


A Maia do Avesso agradece a todos que passaram por aqui!!
Muito Obrigada

sábado, 6 de agosto de 2011

Nó Górdio

Emocionalmente ando numa verdadeira montanha russa. Umas vezes estou completamnete em baixo, quase sem vontade de abrir os olhos e a condenar-me por estar tão infeliz. Outras vezes, olho para o dia e parece que tudo irá correr bem. Tendo em conta que num espaço de 15 minutos, sinto tudo isto uma carrada de vezes. Fui sempre uma pessoa com uma auto-análise muito apurada, certeira nas minhas conclusões e em defenir o que sinto e quero. No entanto, esta nova realidade veio a fazer de mim um verdadeiro nó Górdio. Completamente atada e sem capacidade de tomar decisões ponderadas e corretas. 
Mas, nem tudo está perdido! Lá consegui vislumbrar uma ténue luz ao fundo desta confusão e penso que, definitivamente posso começar a ter esperança de conseguir ultrapassar este momento tão mau. Quero tanto que isto tudo passe...    

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Mais uma vez fiquei à espera...

Depois de uma bela tarde na esplanada, com uma boa conversa o meu dia parecia estar a correr bem. À noite tive entretida a ver uma catrefada de episódios dos Friends enquanto esperava pelo telefonema do Mais que Tudo. Telefonema previsto para perto da meia-noite mas que foi à 1h!! Adoooooro que ele faça isso. Ui, é tanto respeito e consideração por mim que nem consigo estar quieta com tanto contentamento. Os copos e os amigos não podem esperar, é claro! 
Ainda por cima confirmou aquilo que já era quase uma certeza, não virá este fim-de-semana ter comigo. Sou tão estúpida por ainda ter esperança!!! Tão, mas mesmo tão estúpida por achar que ainda temos um futuro. 
Ele disse-me que não me queria magoar mas é só que tem vindo a fazer nos últimos meses. 

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Adoro ser professora

Hoje passei uma excelente tarde, repleta de boa conversa e galhofa até não aguentar mais!! Estava a precisar disso.

Disseram-me que por mais alunos que passem pela minha vida nunca esquecerei os primeiros.
É verdade!
Durante o estágio, o 9ºC, ocupou-me todas as horas desse ano de loucos. Para além de alunos, muitos tornaram-se amigos. Cresceram, estudaram e agora já são adultos.
É com enorme prazer que vejo o sucesso deles e tenho um orgulho desmesurado. Os meus meninos estão a trilhar o caminho deles e, o que importa  fazer é acompanhá-los. Estando presente para o que der e vier!!
Adoro ser professora

Concurso de professores: Um verdadeiro Totoloto!

Hoje vou jogar no "Totoloto"!! A candidatura para a manifestação de preferências inicia-se hoje e para além de me questionar se vou ter trabalho, onde será que vou parar?

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Um dia de cada vez

Aqui ando eu, um passo de cada vez à espera do veredito final. Tento distrair-me com tudo o que me aparece à frente, manter esta minha cabecinha ocupada para não pensar nele, no que poderá acontecer daqui para a frente. A tentar disfarçar para que os outros não entendam o que realmente se passa com o meu casamento. Para todos os efeitos, está tudo muito bem!!!

segunda-feira, 1 de agosto de 2011