quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Balanço do ano que termina.

Entrando no espírito deste dias aqui vai o balanço do ano que termina: foi bom! Posso dizer que foi muito positivo e que cumpri  com o que desejei em 2015. Saí do desemprego e voltei a trabalhar. Li mais livros e comecei a fazer ioga. Quanto à felicidade... trabalha-se para isso. Por isso, 2015 foi um ano francamente positivo. Ah, e o Benfica foi campeão 

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Pré-Pré véspera de Natal!

Estou tão cansada! Mas mesmo tãããão cansada que quando me sento já não consigo levantar a peida do banco! E ainda há tanta coisa para fazer!


domingo, 13 de dezembro de 2015

Balanço de fim de dia!

Um fim de semana passado entre fichas de trabalho a serem corrigidas, bolos a serem cozidos e muita chuva! Está a ser uma maravilha! AH, e já há presépio!!!!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Uma citação por semana não sabe o bem que lhe faria.





No dia de hoje

Neste mesmo dia o meu avô Luís faria anos e, por mais anos que passem, eu continuo a lembrar-me tanto dele. Um avô que me deixou como herança as melhores memórias da infâncias. Uma infância cheia de fantasia, de liberdade e de felicidade.  Adoro-te avô!!!

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Presentes de Natal

Ainda não comecei a saga!!! Acho que este ano vão ficar para os últimos dias. Pelo menos as bolachinhas vão!!

domingo, 6 de dezembro de 2015

Eu tenho trabalho e isso é tão bom!

Felizmente tenho andado muito ocupada e sem tempo para nada. Estou a trabalhar!!! E é tão bom trabalhar!!! Digo isto com um sorriso na cara  e cheia de satisfação. Confesso que não é o que quero fazer para o resto da vida e, não é aquilo que me enche o coração mas é trabalho digno. Desempenho-o com todo o brio e orgulho na esperança que o dia em que farei o que realmente gosto chegue. Assim, depois de ter acabado de organizar a minha semana de trabalho venho até aqui "gritar" o quanto estou satisfeita.

Realize o seu melhor, "com todo seu coração, com todo seu entendimento"... :):

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

E o mês de novembro chega ao fim

Hoje o rabinho foi levantado da cama às 6.30 da manhã! Um violência que ainda me dói só de pensar. Toda a paisagem estava branca, gelada e o termómetro do carro chegou a registar -2!! Amanhã há mais.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Aquelas coisas de que não podemos fugir. Tentamos mas...

O gás acaba a meio do banho! Hoje foi o dia para isso acontecer e apanhei, como seria de esperar,  uma carrada de frio. A água quente desapareceu quando eu já estava com espuma por todos os cantinhos do meu corpo, incluindo o cabelo! Lá passei uma chuverada de água gelada, enrolei-me na toalha e fui mudar a garrafa de gás. Não será necessário dizer que andei a pingar e a bater o dente durante esta troca. Mas, no fim desta saga, lá consegui vingar-me: fiquei uma carrada de tempo debaixo do chuveiro a aquecer o corpo e a alma!

domingo, 15 de novembro de 2015

Aqueles que nos ficam no coração

Tendo em conta o que se passou na passada 6ª feira em Paris os meus problemas parecem coisas de pessoa mimada e sem verdadeiros problemas. Uma ninharia comparados com os reais problemas do mundo e da vida de muitas pessoas.Sim, é verdade. Acredito mesmo nisso que estou a escrever. Os meus problemas são menores. Mas (há sempre um, não é?), custa mesmo aceitar o desaparecimento da minha gata. Este último ano foi terrível. Em fevereiro a Toca teve o mesmo destino e, ainda por cima, às minhas mãos, depois o Pinhão foi envenenado (felizmente foi salvo a tempo), a Flor andou meses a lutar contra um cancro e acabou por não sobreviver, agora, a Ápia foi atropelada perto da minha casa. Olho para isto e penso: que raio se passa com os meus animais! Será que sou eu? O que fiz para sofrer isto tudo num ano? Estes pensamentos passam-me pela cabeça e, começo a duvidar seriamente se mereço ter animais. Sempre vivi com bichos e sempre me imaginei com eles. São generosos, genuínos e fazem com que a nossa vida seja mais rica. Somos uns sortudos em os termos ao pé. Todos aqueles que já passaram pela minha vida os recordo com carinho e imensa saudade. Uma saudade que agora está misturada com uma incompreensão pelas desgraças que me assolaram neste último ano

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Coisas tranquilizadoras

É interessante saber o motivo pelo qual uma das minhas formandas não foi hoje às aulas: houve uma rusga da PSP na sua casa,  

domingo, 1 de novembro de 2015

Abertura da Água Pé

Hoje foi o dia oficial da abertura da água pé aqui em casa. Mesa posta com petiscos, muitos amigos e conhecidos. Enfim, uma boa conversa acompanhada por um copo. Sempre foi assim aqui pela minha terra. O S. Martinho vem depois e a sempre é mais um motivo para se ir ao pipo!

domingo, 25 de outubro de 2015

Procrastinar ou não procrastinar, eis a questão!

Tanta coisa para ser feita e eu aqui a procrastinar uma carrada de coisas que tenho de fazer até amanhã! Estou sem ideias e sem vontade para as ter. Não sei se sabem mas tenho dias assim, sem a puta da ideia do que fazer. Parece que o meu cérebro se recusa a fazer o quer que seja sem estar um bom bocado ao relantim. Por isso, ando por aqui a ver se arranjo a coragem, ideias ou o raio que o parta para fazer o trabalho. 

Tenho dito!

Acho as Kardashian uma grande piroseira. São moças trabalhadoras, empreendedoras (palavra e atividade tão na moda) e sabem-se promover  mas, no que a estilo dizem respeito, parecem umas bimbalhonas!!!!

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Babysitter

Depois de anos de estudo e trabalho para ser professora eis que me vejo a ser babysitter de adultos de etnia cigana! Sim, babysitter! Haja paciência!!!

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

O que se lê neste estaminé XIV

Ainda há quem não saiba ler e escrever!!!

Ando atolada em trabalho e isso nota-se. Os dias vão passando entre o trabalho que tem de ser feito e o resto das coisas. Chego ao fim do dia e a minha cabeça está em água e só tenho coragem de olhar para a televisão ou dar uma espreitadela ao The Block. Aí mergulho no mundo das renovações australianas e ando por ali a sonhar com a cidade de Melbourne. 
Estou a trabalhar e isso é que é importante! Repito frequentemente para mim.  Mas (há sempre um mas!!!)as coisas são complicadas e eu ainda não me habituei ao novo público que tenho. Se no princípio comecei a trabalhar com formandos que estão para obter o secundário e o nível de conhecimentos e experiências de vida enriqueciam as aulas, agora tenho aqueles que não sabem ler e escrever. Sim, não sabem ler e escrever e também não querem fazer o mínimo para aprenderem alguma coisa. Tem sido tramado. Uma sala cheia de formandos de etnia cigana, de várias idades, alguns com dificuldades de visão e sem saberem se quer assinar o próprio nome tem dando comigo em maluca. Não tenho a mínima razão de queixa quanto ao comportamento mas a falta de discernimento de quem lá os colocou sem antes saberem ler e escrever é de colocar os cabelos em pé! São cinco horas seguidas em que tenho de arranjar estratégias para os manter ocupados e ainda transmitir alguns conhecimentos. Ando completamente stressada com o que fazer para as aulas. As ideias já começam a faltar e ainda falta tanta hora para a formação acabar!!!

domingo, 11 de outubro de 2015

O que se lê neste estaminé XIII


Já li alguns autores que participaram no Prémio Leya e, até agora, não desiludiram. O mais interessante passa por nunca ter lido um vencedor mas sim finalistas!

As leituras!

Disse aqui que ia atacar o Memorial do Convento logo que terminasse o Pêndulo de Foucault mas os planos acabaram por mudar. Esses dois ficaram mais uma vez em lista de espera enquanto andava a trilhar outros caminhos. Ler é uma terapia!

terça-feira, 6 de outubro de 2015

10 horas

Não me estou a queixar mas ter 10 horas de aulas seguidas é dose de cavalo!!! Estou  aqui que mal consigo mexer os dedos. O cérebro já foi a meio da tarde!!

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

1ª aula de Ioga

No meio do stress do dia de hoje fui à minha primeira aula de ioga. Adorei!!! Saí de lá relaxada e apesar de estar a pensar na exclusão do concurso de professores, estava mais leve e disposta a resolver a coisa.

O inferno do concurso de professores

Excluída do concurso de professores por não ter aceitado uma colocação! O irónico da coisa... eu não recebi qualquer informação que tinha sido colocada. Nem por mail, telefone, mensagens ou então no site da DGAE. Estou envolvida em confusão!!!!  
Amanhã lá vou eu ver se trato da coisa! Que todos os santinhos me ajudem!!!!!

São Pedro do Sul

Sim, é vapor! Não se consegue manter a mão sem nos queimarmos!

Ruínas Romanas




segunda-feira, 21 de setembro de 2015

U2: Song For Someon


Apesar de me resguardar as notícias acabaram por chegar até mim. Ele já é pai. Em 4 anos ele construiu uma vida completa enquanto eu estou aqui cheia de fantasmas e cheia de questões que me tornaram numa pessoa diferente. Tudo aquilo que sonhei que iria construir com ele não aconteceu. Ele escolheu outra. Os anos passaram e eu tenho de me render às evidências e começar a mentalizar-me que não terei filhos. Serei só eu!
Mas, ao mesmo tempo que isto me passa pela cabeça, olho para o lado e apercebo-me que até sou uma felizarda. Os dramas que tanta gente vive fazem com que os meus sejam uma birrinha de menina mimada e que o que tenho de fazer é seguir em frente. 

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Uma citação por semana não sabe o bem que lhe faria...


Renova no The Block

Sou uma fã do programa The Block Austrália desde que o encontrei na Sic Mulher. Isto das renovações de casa e de decoração é bem giro. Papei os episódios das quatro primeiras séries e fiquei à espera de mais. Só que nunca mais vinham e eu tive de me desenrascar e encontrar uma solução para me manter atualizada. Assim, comecei a colocar os atrasos em dia através do Youtube e a assistir à nova série, a 11ª, que começou há duas semanas. Isto da net é uma maravilha!
Bem, na nova série uma das concorrentes utilizou na sua primeira casa de banho papel higiénico bem caro e foi alvo de conversa pelos outros concorrentes. Eu reparei que o logo da marca de papel me parecia bastante familiar  e fez-se luz na minha cabecinha... era o famoso papel higiénico preto da Renova! 
 

Durante os meus anos de Coimbra eu melgava até à exaustão aos meus amigos ao fazer publicidade aos lenços de papel da Renova referindo que eram os melhores (garanto, são mesmo os melhores!!!). Foi bem giro ver que uma coisas feita a poucos kms de mim é tão valorizada e publicitada a milhares de quilómetros da sua origem. O programa tem uma loja virtual na qual são vendidos os produtos de maior sucesso usados pelos concorrentes nas suas divisões e lá estavam os produtos da Renova. a fazer um brilharete. Fiquei  babada!!

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Apesar de tudo

Felizmente as ações de formação estão a chegar o que faz com que eu passe a receber mais. O que parecia muuuito pouco, agora parece uma coisa mais compostinha.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Sobrevivi ao meu 11 de setembro

Sim, o dia passou! Aconteceu tanta coisa na passada sexta feira que pouco pensei no assunto. A bateria do meu carro resolveu acabar no momento em que ia trabalhar o que me fez agarrar no velhinho carro do meu pai e ir a rezar para que nada aconteça. Correu tudo bem. O mais chato foi fazer a viagem no silêncio... o rádio está avariado! É tão estranho não ter música a acompanhar-me durante os 40 km que tenho de fazer. As aulas correram muito bem e, no fim, fiquei bastante satisfeita comigo mas principalmente com os meus formandos. Apesar de tudo, o dia foi bom!

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Os refugiados

Tenho visto tanta barbaridade nos comentários sobre refugiados que começo a pensar que há gente, dita normal, que tendo a oportunidade são capaz de tudo. Há uma boçalidade e falta de humanidade nessas pessoas que assusta pensar que possam algum dia chegar a ter algum poder. A empatia  é algo que lhes faz falta e a ignorância é genuinamente avassaladora.